domingo, 29 de janeiro de 2012

Como Moreira Campos entrou em minha vida (por Marcos Lima)

(Capa da edição de Dizem que os cães veem coisas que ganhei de minha namorada)


Há pouco tempo fui apresentado ao mestre do conto cearense. Fortaleza me chamou atenção por um motivo sentimental: a mulher que amo mora nesta fabulosa cidade, e foi ela quem pela primeira vez citou o nome de Moreira para mim. Durante uma conversa, contou-me sobre um conto do escritor que trazia uma visão muito original e particular da morte: Dizem que os cães veem coisas. Contou com tal empolgação e admiração sobre a história da figura de uma mulher e dos latidos dos cães que não tive dúvida: precisava conhecer aquele escritor.


Assim ela me presenteou com a obra cujo título é o mesmo do conto que tanto me instigou antes mesmo de lê-lo e que paradoxalmente é o último texto do volume, mas o primeiro que li. A partir daí, Moreira passou cada vez mais a fazer parte de minha vida. Procurei novos textos pela internet, referências e assim encontrei o endereço deste blog: UNIVERSO MOREIRA CAMPOS.

Percebi que o espaço não era atualizado há algum tempo e procurei ver quem era o responsável pela iniciativa. Qual não foi a minha surpresa quando descobri que ele fora criado pelo escritor e crítico Nilto Maciel. Já ouvira falar de Nilto por intermédio de um amigo em comum, o escritor Claudio Parreira. Parreira já se correspondera com Nilto na época em que aquele fazia parte do coletivo literário O BULE. Curiosamente, pouco tempo depois Parreira saiu do coletivo para cuidar de projetos individuais e Nilto que já era colaborador continuou com suas contribuições ao portal literário.

Entrei em contato com Nilto e juntos assumimos dar continuidade a este projeto tão bonito para um escritor que é merecedor realmente de homenagens. O projeto já me levou a entrar em contato com pessoas de um valor e uma sabedoria incalculável. Algumas já apareceram aqui e outras ainda aparecerão, mas já devo muitos agradecimentos a minha namorada, Clícia Carvalho, por mudar mais uma vez a minha vida com suas palavras – e um grande agradecimento, onde estiver, ao mestre Moreira.


(Marcos Lima: escritor, professor e Pós-Graduado em Literatura pela UMESP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...